DESPERTAR!

Acordar, se deparar com um céu desnudo, sentir em sua pele os raios de sol que ainda no alvorecer do dia te aquecem seguido de uma suave brisa trazendo consigo o arrepio e a sensação de proteção divina. Você então sorri e diz: “obrigada, Senhor! Obrigada porque sabemos que esse amor que nos faz transbordar de alegria é uma graça Tua”.

Conheço pessoas que todos os dias acordam de mau-humor, desligam o despertador e suspiram imaginando levantar, sair de casa e pegar o engarrafamento na paralela, chegar ao trabalho e aturar o chefe, na faculdade os professores… “mais um dia árduo de sacrifícios” e assim começam o dia com todo esse pessimismo, sem muitas vezes nem perceber isso. Imagino como seriam os meus dias se todas as manhãs eu entrasse nessa capa de enfado antes mesmo de levantar da cama. Talvez ela se tornasse tão pesada que eu não conseguira tirar ao longo do dia.

Começar o dia é começar de novo, é a página em branco que Deus nos dá para que já com as forças renovadas nós possamos escrever belas linhas que constem muita aventura e amor. Um dia onde você irá enfrentar os vilões (professores e chefes); vencer as forças do mal (perseguições); ultrapassar a lebre (obstáculos); recusar os doces e as maçãs (tentações); dar uma de Robin Wood (fazer boas ações); escalar castelos (ir além); resgatar princesas (ajudar amigos); e por fim salvar o dia (conseguir chegar em casa bem humorado).

Para obter êxito nessa jornada devemos acordar dispostos a conquistar, nos despojando da ira, da malícia, das palavras torpes, da mentira, dos maus costumes. Agindo com misericórdia, humildade, longanimidade, benignidade, revestindo-nos de amor, sendo esse o vínculo da perfeição assim como Deus nos ordenou. Se pararmos pra pensar que o simples fato de abrirmos os olhos mais uma vez já é uma dádiva do Senhor para conosco, ainda que por isso nada merecêssemos, não acordaríamos resmungando. Por isso continuo a dizer que enquanto alguns esperam por motivos pra sorrir eu preciso de muitos para chorar (quando assim for por tristeza). Quero acordar e dizer: “Ontem foi um bom dia! Hoje, será bem melhor!”. O que vai ter escrito nas linhas do teu conto?

2 comentários:

Louise 25 de abril de 2011 22:53  

Ai que coisa mais linda de se ler!

Victor Dias 25 de abril de 2011 23:13  

Lindo texto, amor... Apesar de ser um rabugento quando acordo, reconheço, é claro, que acordar é um milagre e que todos os dias deveriam ser exaltados com presente precioso

Postar um comentário

O Insanoscópio

O blog não tem estilo literário definido, nem assuntos limitados. Vamos falar de tudo e de nada; do velho e do novo; do engraçado e do sério. Ainda assim, vocês vão perceber o estilo de cada escritor de forma muito clara. Lê quem quer ler. Divulga quem curte e acompanha a gente. Se somente nossos amigos acessarem, estaremos no lucro.

Seguidores

Pesquisa

Tecnologia do Blogger.